Com praticamente dois anos da legislação do jogo online em Portugal, os números são bastante positivos e com boas perspectivas futuras.
Segundos os dados do Serviço Regulação e Inspeção de Jogos do Turismo de Portugal os operadores licenciados conseguiram conquistar um número acima dos 523 mil utilizadores registados.

Em termos financeiros, e de acordo com a SRIJ, os sites licenciados geraram um total de 82.2 milhões de euros até ao momento. Das três vertentes disponíveis (apostas desportivas, poker e casino online), foram as apostas desportivas a conquistarem a maior fatia deste “bolo” com cerca de 70% do mercado, o casino online veio atrás com o poker online a ficar no último lugar, muito devido à PokerStars só no final de Novembro de 2016 ter entrado no mercado português.

A Betclic e a Bet Entertainment Technologies destacam-se como os sites que mais faturam em solo português. Todos estes valores indicam que Portugal está de facto no caminho certo e com um crescimento sustentado.

Mais ainda, visto ser um mercado ainda pequeno, tal poderá tornar-se bastante apelativo para várias empresas que possam desejar efetuar um investimento mais barato que em outros países da zona euro.

É justo dizer-se que estes primeiros dois anos de legislação online em Portugal apresentam indicadores positivos. A expansão deste mercado pode não estar a ser tão rápida como inicialmente se pensou mas está certamente a apresentar elementos de crescimento sustentado e bases sólidas para a sua manutenção.